Escrito na Madrugada | Filmes, séries, comportamento e um infinito mais!
31ago 2016

Turista literário – Agosto 2016

Postado por às em Livros

Sempre tive curiosidade sobre esses novos serviços de assinatura que têm revolucionado vários tipos de mercado, trazendo uma nova forma de experiência ao usuário. O Turista Literário é um desses, e porque eu apostei justamente neste? Ele foi criado por duas irmãs, a Priscilla e a Mayra (que tem um canal no youtube E que eu confio MUITO na opinião) já que Pri (fazendo a íntima), sendo irmã mais velha, já trazia experiências parecidas para a irmã mais nova se apaixonar ainda mais pela leitura! Saudds do período em que eu dividia essa paixão com a minha irmã mais nova.

Como é que é?

Todo mês, você recebe uma caixinha cheia de surpresinhas para acrescentar sua experiência literária e claro, um livro YA (Young Adult – Jovem adulto)! No 1º dia de cada mês, elas abrem um espaço no site para que você possa se inscrever para receber a caixinha do mês (tudo no universo de viaaaagem: Passaporte, cartão-postal, selo, etc!). Você pode escolher por assinar todo mês ou, assim como eu, adquirir uma mala avulsa.

Assista o vídeo e veja minha primeira experiência com o Turista Literário:

Confesso que, como a grana têm estado bem apertadinha por enquanto, fica um pouco difícil assinar essa maravilha literária 🙁 Mas assim que eu puder, financeiramente me presentear, Q U E R O ! É um serviço que revoluciona, COM CERTEZA, tudo tudo o que a gente sempre viu e é habituado a fazer! E viu, que fofo a história das duas irmãs? Veja mais no site: http://www.turistaliterario.com.br/

E aí? O que você achou? 😀

 

12jul 2016

DECORAÇÃO: Home office no quarto

Postado por às em Decoração

2d0531102b9184cdc11ddc2a799d08f9

Sabe quando você sente que algo está te incomodando? No momento a minha coceirinha é o meu quarto: To louca para mudar TUDO nele! Mas o que eu sinto mais urgência, com certeza, é o meu cantinho de trabalho e algum lugar para colocar as minhas coisas (como livros, remédios, maquiagens e etc. Coisas que no momento deixo tudo em cima da mesa e da cômoda, o que eu não curto 🙁 )

Home office

Então, neste post não venho trazendo apenas inspirações para vocês mas sim, implorar por uma ajudaaaaaaaaa!! O que eu faço nesse meu quarto? Como mostra a foto (onde eu JURO que está organizado. Mas pelo fato das coisas ficarem em cima da mesa fica com essa cara de bagunça 🙁 : ( ), tenho uma mesa preta, que já ta meio mal acabada (quero muito trocar essa mesa socorro) e uma cômoda para colocar a Tv e outras coisas que eu guardo (algumas coisas de farmácia, esmalte e coisas da faculdade). E logo ao lado minha estante vermelha (QUE JÁ NÃO CABE MAIS LIVRO NENHUM!!!). Meu quarto não é pequeno, aliás ele é muuuuuiiito alto. Não lembro mais quantos metros de altura exatamente ele tem – mas deve ser algo entre 3-6 metros de altura! :O O que me deixa muito sem noção do que fazer com isso.

Ultimamente a moda – e o que eu tenho mais me inspirado é nas decorações mais cleans! Segue algumas fotos (com comentários haha) das minhas maiores inspirações:

6a53c32f710229fab0c03f92186b149e (1)

Tudo branquinho, clean! As cores que predominam meu quarto é branco e vermelho, com alguns detalhes escuros… Mas quero clarear ainda mais o quarto hehe. Acho interessante isso de ter a estante logo do lado da mesa de trabalho (que não é muito grande). As gavetas também me chamaram atenção nessa foto. E, claro… Cadeira branca. Será que dá muito trabalho para limpar? 🙁

80d1126bd9eaa2c3417f2211847c8589 8204dcb5b2c8fbf6a7b15f92b42a4b57 (1)

Preto + branco = só amor!! Quando tiver minha casa própria, certeza que minha sala vai ser preto, branca e talvez com alguma cor mais (tipo amarelo, turquesa…). Me inspirar pra fazer o meu home office assim já facilitaria pois já possuo alguns itens pretos… Mas, no meu caso, os detalhes seriam em branco (pelo fato de grande parte dos meus materiais serem em preto como a mesa, o computador, cadeira, etc. São itens grandes!) e tenho medo de isso deixar o home muito carregado. 🙁

6fd57703dc924b80c30fb26dd4f7ca29

Aqui um exemplo de home office AINDA MAIS clean. Mas gosto dessa mesa com os cavaletes de apoio! Gostei dos suportes pra pateleiras em dourado também… To louca por coisas Rose Gold, será que ia combinar com minha decoração? :O

e103b68d6459576aeaa72eeff33abba5

Olha quantas ideias de decoração e suportes para objetos!! Talvez ficaria legal um grande painel assim… Mas e a dificuldade pra limpar? Gente, eu tenho rinite HAHA Quem tem esse tipo de problema sabe o quão difícil é se contentar com decoração que seja legal, bonita, útil e que não acumule muito pó. A maior inspiração nessa foto é a estantezinha ali no canto: Um armário fechado com vidro, todinho branco!! Acho que isso solucionaria vários dos meus problemas e ainda é um item fofo pra decoração!

f39306b3c98c95602b11298c004d5a3c

Gosto bastante das estantes bem grossas, acho que destaca bastante! As prateleiras não podem ser muito estreitas também, afinal, gostaria que coubessem meus itens básicos, livros e alguns itens de decoração né?! 😀

OUTRAS INSPIRAÇÕES:

3cf717975502e10dcb3b6d453b4afe53 (1) 3e7083ed331a05523ef47b5d09da7026 5c40e647484dd1031265bf8c51f9d44b 6dd6d48eef889a5dab5495267944bdc6 ab41273e7eeac271c75c610bfc282134

 

Se você quiser ver mais inspirações de decoração de casa, vê lá a minha pastinha no pinterest! Tá cheia de coisa liiiinda! <3  Depois de tantas ideias fica difícil resolver o que fazer nesse quarto. Por isso, vim pedir em forma de post e inspiração, pra vocês, que dica vocês me dão? O que eu deveria fazer? :O

Espero que tenham gostado desse post sobre decoração! Eu amei fazer, é bem diferente!

Beeeijos!

20maio 2016

1ª meta cumpridíssima yeah

Postado por às em Convidados, Viagem, Vídeos

E aiiii galerinha, tudo bem ? Quem fala aqui é a Kelly.
Tenho uma experiência incriiiiivel pra compartilhar com vocês… EU PULEI DE PARAQUEDAS ( muito amor envolvido nisso)
Mas como assim ? tu é doida ? não ficou com medo não?
NÃO gente não sou doida e não da nem tempo de sentir medo ( pelo menos eu que sempre quis pular rs). É uma das melhores sensações do mundo, sério! Libertador, traz uma sensação única, felizes são o que vivem disso, porem o tempo é cuuurtíssimo, é um minuto de queda livre, e cerca de uns 3 minutos depois que abre o paraquedas, mas vale muito a pena.
E se você tem vontade e nunca foi porque acha que tem um preparatório exuberante, fia tranquilo, eles explicam tudo bem rapidinho antes de você pular, e é super tranquilo pois você pula com seu instrutor, mas uma coisinha não é nada legal, mas tem saída… você não pode filmar com sua câmera de esporte ( só faço propaganda se patrocinar hehe), pois lá em cima é difícil controlar as coisas (seu corpo mesmo rs), então a empresa oferece pacote de fotos e vídeo, que no meu caso foi 150 pilas com vídeo e 200 fotos, mas é algo que vale a pena pra quem nunca pulou.
Bom então vamos lá pras fotos e vídeo ? UHUUUl

ps: se você tem algum problema respiratório tipo asma, fique tranquilo só parece que você não esta respirando, mas esta sim :p

GOPR9180 35

GOPR9185 46

GOPR9185 45

GOPR9185 08

GOPR9183 085

local: Boituva, São Paulo.

08maio 2016

Aleatorious Amorosous

Postado por às em Pessoal, Textos

Sempre fui aquela menina romântica, que quer fazer as pessoas rirem, que quer manter as relações em bom humor e resolver tudo com a verdade e sem muitas brigas.  Eu posso dizer que sempre me dediquei muito. Se eu estou com alguém, sou inteiramente daquele alguém. Tenho meu jeito de dizer o que gosto e não gosto, tenho meus defeitos, obviamente. Alguns eu nem me toco que os tenho, mas não tenho problema que me digam gentilmente como melhorar. Não acredito mais em príncipe encantado, relacionamentos perfeitos ou caras que não fazem coisas de… caras. Perdi minha inocência há tempos. Perdi minha confiança há tempos. E tenho medo de ter perdido a capacidade de dizer “Eu te amo” também.

 

Quando se trata de relacionamento, me jogo de cabeça. E sei que muitas vezes posso ser trouxa. Mas no fim, amar depende muito da “trouxisse” mesmo. É ter paciência. É ouvir e deixar de ouvir muita coisa. É esperar. É fazer e dizer coisas por impulso. É ser bob@. É fingir que não tem mais nada de importante no mundo do que o assunto de interesse da outra pessoa – porque você realmente deixa tudo de lado para ouvir e não se importa nem um pouco! É necessário muita coisa. É conversa. Muita conversa. É sinceridade e honestidade.

Já não aposto todas as minhas fixas no “pra sempre” e estou de olho nesse negócio de 100% fiel. Talvez ainda não tenha vivido o suficiente pra acreditar na bondade das pessoas. Afinal, sei que eu não faria isso, porque outras pessoas não teriam a mesma capacidade que a minha?

Não sei.

Quando se  trata de confiança, tenho os dois pés atrás.

Espero um dia poder depositar minha confiança 100% em alguém que valha realmente a pena. (Porque sim, às vezes acabo chegando nos 70% com algumas pessoas) Que os amigos sejam verídicos. E que eu não me arrependa disso. Só pra eu morder a língua. Essa é a primeira vez que quero estar errada.

large (4)

19abr 2016

Prazo de validade

Postado por às em Pessoal, Textos

large (3)

Quando algo assim acontece, é permitido pensar na possibilidade de nunca ter acontecido e desejar o mesmo? Mas aí você se lembra de todas as coisas boas que isso trouxe pra você, e como diferente você está depois dessa experiência. Provavelmente melhor. Mais forte.

Eu lembro. Se me esforçar um pouquinho. Guardei na gavetinha da cabeça. No fundo do fundo do fundo.

A temperatura estava agradável. De dia camisas e de noite aquele casaco branco que impedia que a brisa do mar nos atingisse. Aquele papel A4 desenhado, sendo desdobrado pra facilitar a despedida. Um mês antes, a praia. As primeiras mãos dadas, aquele contato imediato com a pele desconhecida. As primeiras tentativas. O sorriso tolo, obviamente. A água batendo nas pedras, o vento aliviando o calor e o sol refletindo os olhos que já emitiam brilhos próprios.

A gente era tão novo, né? haha

Te convidei pra entrar na minha vida, te expliquei que valia a pena tentar (valeu?). Era isso ou te teria todos os dias comigo, mas como um estranho e não mais o amigo. Algo me dizia que eu precisava falar, que precisava mostrar e ensinar. Não sei porquê tentei tanto. Os gráficos desenhados com dedos atrás do simples beliche. As luzes da cidade grande. O barulho, de fundo, do mar. 

Talvez não devesse ser tão guerreira assim.

E se eu nunca te dissesse o que era felicidade?

Mesmo magoada, maltratada, desacreditada, eu pedi três vezes

“Fica.”

 

E o prazo de validade venceu.

 

UP!