Séries | Escrito na Madrugada

/ Séries

17out 2015

6 Séries de Terror | Mês do Terror

Postado por às em Séries, Vídeopost

Em especial para o mês de terror (que eu amo!!), que inclusive fiz um mini-trailer lá no canal pra meter um medinho hihihi. Nesse vídeo, falei sobre 6 séries de terror que eu amo MUITO!! E, para complementar ainda mais o vídeo, vou colocar todos os detalhes certinhos de cada série! Este post é totalmente instrucional, para saber minha opinião assista o vídeo:

Scream Queens:

SQ_S1_FPEC_StationSummit_Loc_29_F7

Scream Queens é uma série antológica de televisão de terror e comédia, criada por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Iann Brennan. A série foi criada para ser transmitida pela Fox, e irá ao ar às terças-feiras às 00:00 (horário de Brasília), com início em 22 de setembro de 2015, tanto nos Estados Unidos como também no Brasil. A série teve a sua estreia mundial na Comic-Con de 2015. A primeira temporada será centrada em uma série de assassinatos envolvendo a fraternidade Kappa Kappa Tau.”

Trailer:

20150710100320359140o-70107

 

Scream:

scream

Depois de um incidente de cyber-bullying resultar em um assassinato brutal, a violência reacende a memória de uma série de assassinatos que ocorreram no passado em Lakewood, que intrigaram alguns e talvez tenham inspirado um novo serial killer. Um grupo de adolescentes, com dois velhos amigos tentando se reconectarem, se tornam amantes, inimigos, suspeitos, alvos e vítimas de um assassino que está à procura de sangue.”

Trailer:

American Horror Story:

AmHoSto S1 EW 02

1ª Temporada: Murder House

Sem saber dos perigos que estão por vir, a família Harmon sai de Boston e vai para uma mansão em Los Angeles atingida por pequenos conflitos de relacionamento. Logo após a chegada, eles encontram com os Landgons, com quem desenvolvem uma boa relação. Ben Harmon (Dylan McDermott), a esposa Vivien (Connie Britton) e Violet (Taissa Farmiga), a filha, descobrem junto aos seus novos companheiros que a casa possui um ambiente sobrenatural, repleto de fantasmas.

american-horror-story-asylum-poster

2ª Temporada: Asylum

Nos anos 60, Irmã Jude (Jessica Lange), Irmã Mary Eunice (Lily Rabe) e Don Thimothy Howard (Joseph Fiennes) comandam a Instituição Mental Briarcliff, responsável por tratar criminosos insanos. Dentre esses pacientes estão a jornalista Lana Winters (Sarah Paulson) e os acusados de assassinato Kit Walker (Evan Peters) e Grace (Lizzie Brochere). Os clientes do manicômio são atormentados por criaturas bizarras e em complexo estado mental.

file_109128_4_AHS_S3_Spellbound

3ª Temporada: Coven

Os únicos remanescentes dos julgamentos das bruxas de Salem, no século XV, correm risco de extinção três séculos depois. Uma escola especial de New Orleans ensina às vítimas de ataques misteriosos formas de defesa. A jovem Zoe (Taissa Farmiga) acaba de chegar e guarda um segredo enquanto a líder Fiona (Jessica Lange) volta à cidade para proteger o clã das bruxas.

ahs-freak-show-cast-art

4ª Temporada: Freak Show

Jupiter, Florida, 1952. Uma trupe de circo incomum, formada por pessoas extremamente curiosas, acaba de chegar à pequena vila. Ao mesmo tempo, uma estranha entidade obscura ameaça as vidas de todos os residentes da região.

S5AHS-Cartaz2

5ª Temporada: Hotel

O detetive e pai de família John Lowe (Wes Bentley) se muda para o Hotel Cortez a fim de investigar uma série de assassinatos que aconteceram no local. A dona do imóvel é a poderosa Condessa Elizabeth (Lady Gaga), uma mulher que aprecia arte, moda e sangue.

Bates Motel:

bates motel

“Após a misteriosa morte de seu marido, Norma Bates decidiu começar uma nova vida longe do Arizona, na pequena cidade de White Pine Bay, em Oregon, e leva o filho Norman, de 17 anos, com ela. Ela comprou um velho motel abandonado e a mansão ao lado. Mãe e filho sempre compartilharam uma relação complexa, quase incestuosa. Trágicos acontecimentos vai empurrá-los ainda mais. Todos eles agora compartilham um segredo obscuro.”

The following:

poster-the-following
“Joe Carroll é um assassino diabólico que admira a obra de Edgar Allan Poe. Ele usa a tecnologia e sua inteligência para criar um culto de serial killers, todos ligados uns aos outros e espalhados por todo os Estados Unidos. O ex-agente do FBI Ryan Hardy, que o caçou e o capturou no passado, é forçado a voltar ao trabalho após sua fuga de prisão.”

Stalker:

stalker

Tudo tudo tudo o que você precisa, gostaria de saber e um pouco mais neste post. Sério, não tô brincando haha Cê vai encontrar de tudo! 😛

 

Espero que vocês tenham gostado do post e do vídeo! Fiz com muito amor, pois curto série e gosto de amigos que curtem e gostam de discutir sobre. O post ficou mais técnico para complementar o vídeo, como já disse. Obrigada para você que acompanha os vídeos no canal e os posts aqui no blog!

Beeeeeijos!!

 

Principal fonte do post: adorocinema
30jan 2015

Les Revenants

Postado por às em Séries

Les Revenants

Como amante de séries, de vez em quando vago por sites e encontro novas (ou velhas) séries para assistir. E algumas que não são tão assistidas acabam me atraindo também, pois gosto de analisar de tudo sobre elas. Assim foi com Les Revenants (The Returned – Os que voltaram, pode se dizer assim) – uma série francesa baseada num filme de mesmo nome lançado em 2004. Um filme, no qual eu não recomendo. Dirigida por Robin Campillo com a primeira temporada estreada em 26 de novembro de 2012 e a segunda enrolada até esse ano – e torcemos que seja o fim do enrolamento! Já comentei um pouquinho sobre a série aqui nesse post, feito há um tempinho atrás.

Les revenants

A série me chamou muito a atenção pela fotografia, ou seja: Pela junção harmônico das cores, dos ângulos das câmeras, etc. Tudo combina muito com a história, com os sentimentos dos personagens. Tentei colocar todos esses sentimentos em uma só palavra que os definisse, mas infelizmente não achei. Pois, imagine se você, do nada, reencontra aquele seu ente querido que infelizmente faleceu há anos, fazendo coisas normais, como era da rotina dele, como se nada acontecesse. Isso aconteceu, na série, com Camille – uma pré-adolescente cuja sofreu um acidente na estrada há quatro anos atrás e têm uma irmã gêmea – a qual vive normalmente. Aconteceu também com Simon, um noivo suicida, com Victor e Serge.

Cheia de teias recheadas de drama, mistério e várias questões que provavelmente nem você, nem eu, nunca nos questionamos antes, Les Revenants pode enrolar para lançar suas novas temporadas (aliás, o menino que faz o Victor já deve estar gigante agora haha), mas só ao assistir a primeira delas, você vai ter a sensação de que não perdeu seu tempo. Mesmo que a maioria das perguntas feitas durante os episódios, ainda não tenham sido bem respondidas, a sensação é de missão comprida! Para mim, não ficaria triste se a série nunca tivesse outras temporadas, embora esteja looooouca para ver logo a 2ª!

Les Revenants

Os produtores também “mandaram bem” quando escolheram Mogwai para produzir toda a trilha sonora, conseguiu definir em apenas uma música (a da abertura, por exemplo: Hungry Face) todos aqueles sentimentos que eu não consegui definir antes neste mesmo post. Aquela surpresa de ver a pessoa de novo, aquele medo sobre o anormal de vê-la novamente, a excitação em querer abraçá-la e o terror de perdê-la novamente. O idioma, francês, não atrapalha em nada, pelo contrário, só torna a série ainda mais apaixonante. Você vai querer sair falando com biquinho por aí, juro! Além disso tudo, uma das melhores aberturas, na minha opinião! No fim do post você poderá ver a linda abertura da série, infelizmente em baixa qualidade.

E aí, curtiu o post e ficou com vontade de ver a série? Não esqueça de deixar o comentário, vou adorar responder! Inclusive se quiser me indicar uma série legal! 😀 Essa vontade toda de escrever sobre Lô Rãvãnô (Les Revenants) foi por que acabaram de lançar um teaser sobre o lançamento da segunda temporada (enfim!!!) em 2015!

Espero que tenham gostado do post, até mais! 😉

06jan 2015

Stalker

Postado por às em Séries

stalker

Stalker é uma palavra inglesa que significa “perseguidor”. É aplicada a alguém que importuna de forma insistente e obsessiva uma outra pessoa que, em muitos casos, é uma celebridade. A perseguição persistente pode levar a ataques e agressões.

Sabemos que “Stalker” é uma palavra nova nos nossos dicionários mentais, há pessoas que ainda não fazem a mínima ideia do que significa e a maioria das vezes que fazemos uso dela, parte de uma brincadeira saudável. Porém não é sempre assim. Perseguidores sempre houveram, mas com o avanço das tecnologias ficou ainda mais fácil o acesso à informações mais profundas, inclusive as que você acha que só você e sua melhor amiga sabem. E para um perseguidor que não obtém ajuda, esse poço é cavado cada vez mais fundo. “Fuçar” a pessoa no facebook é o básico, mas já é o começo da obsessão. Ligar, passar na frente da casa ou de lugares que frequenta, permanecer constantemente atualizado às informações da pessoa atingida, e assim vai. Obsessão que é obsessão se não há a ajuda necessária, só tende a ficar mais profunda e perigosa para as duas pessoas – à obsessiva e a “vítima”.
A série, produzida por Kevin Williamson (The following *-* e roteirista de Todo Mundo em Pânico, Eu sei o que vocês fizeram no verão passado, The Vampire Diaries, etc) trata-se sobre dois detetives: Beth Davis (Maggie Q) e Jack Larsen (Dylan McDermott – Ele apareceu na 1ª temporada de American Horror Story) – Os dois com históricos muito interessante. Ao ver alguns capítulos da série você vai descobrindo cada vez mais sobre a vida de Beth, que é uma mulher muito reservada, centrada, dedicada e badass. Jack já é um cara mais mulherengo tentando mudar esse estilo de vida e querendo muito – e por táticas questionáveis – saber um pouco mais sobre seu filho com a advogada (Elisabeth Röhm) da Unidade de Avaliação de Ameaças da polícia de Los Angeles, onde eles trabalham. Os dois detetives são especializados em crimes de perseguição (stalker) em geral. A série pode assustar pessoas que começaram a pouco a ver filmes e séries do tipo. Afinal, Kevin Williamson não é fraco no “terror/suspense” devido ao seu histórico superbom de produções. Porém, eu acho que a série é tranquila de ser assistida, não dará pesadelo algum à quem começou agora a assistir séries criminais. É um bom jeito de começar o gênero, aliás. Fora os casos que eles pegam, a vida e a interação dos parceiros na Unidade (que incluem Mariana Klaveno (de True Blood *-*) e Victor Rasuk) também é algo curioso – afinal, o trabalho que eles têm é algo realmente difícil de lidar. Ah, claro que eu não podia deixar de falar sobre a trilha sonora! É espetacular e me fez ficar viciada em um cover ótimo (fim do post!).
Assista ao trailer da série Stalker:

Resolvi contar um pouco dessa série para vocês pois esses dias em que eu quase não tive tempo para assistir as séries, eu tentava pelo menos ver Stalker. E me surpreendi com o último episódio que assisti, e não posso dar mais detalhes se não estraga toda a brincadeira né?! Hahaa 😛  Mas o que eu tenho percebido é que a cada episódio a série melhora e tem tudo para dar certo! No começo pensei que podia ser uma das séries que eu gosto, mas acabam sendo canceladas. Tomara que nããão!! É um assunto super novo, super questionável, super “em alta” (devido à facilidade no acesso), além de tudo, faz o alerta para o problema. A série tem tudo para dar certo. A partir do momento em que o Stalker/perseguidor atrapalha certos aspectos da vida, é melhor procurar ajuda logo de cara.

Espero que tenham gostado da série, e o que eu recomendo a partir de agora é: Assista 3 episódios da série, e depois me diga se vai conseguir parar 😉 haha
Não esqueçam de comentar, curtir lá no Face e seguir tudo o que acontece lá no Instagram!
Beeeeeeijo!
03dez 2014

Cestinha da Camy: O que dar de presente no Natal

Postado por às em Cestinha da Camy (Wishlist), Livros, Séries

Já entramos em dezembro (cofcof o melhor mês do ano cofcof), e logo logo vem aí o meu aniversário Natal, amigo secreto, sabe como é né? Mas essa época é linda. É tempo de presentear quem a gente mais ama, com um presente bem especial e muito bem pensado – esses, realmente, são os melhores! E hoje a Cestinha da Camy (aka Wishlist) reúne 22 itens muito legais que você encontra na internet mas também pode encontrar em lojas físicas! Eu até pensei em fazer uma wishlist de aniversário mas confesso que é bem complicadinho já que:

  • Eu gosto de pessoas que pensam nos presentes que elas me dão. Não importa o valor ou a utilidade.
  • Eu fico envergonhada e não sei o que fazer direito quando recebo um. Abrir a embalagem pra ver o que é, talvez? É isso?
  • Não gosto de impor. COMPREM ESSES PRESENTES AQUI PARA MIM SE NÃO EU NÃO VOU GOSTAR. Nah. :/ Sério. Sério mesmo.
  • Comprei um monte de coisinha que eu queria na Black Friday, então mal sei dizer o que eu gostaria mesmo de ganhar haha.
  • Não estou COMPRANDO livros por um desafio – que eu mesma me desafiei -, isso não significa que eu não possa GANHAR. Afinal, não sou eu que estou comprando né. HAHA Maaaaaaas, se ganhar livros e livros demais sinto que vou estar “roubando” no desafio haha. Explico melhor sobre ele em outro post.
  • Espontaneidade na hora de dar presentes é uma das prioridades (Não que seja ruim quando a pessoa diz “eu quero isso”, aliás, ajuda bastante pelo amor de Deus e todo mundo sai feliz, cara. #fikdik), por isso não custa nada olhar listinhas como essas, se inspirar e pensar “naquela pessoa” (ou aquelaS) quando vê os itens, certo?

Essa lista que separei, tentei pegar itens na internet mas você pode, como eu havia dito antes, encontrar em outras lojas – físicas ou mesmo outro sites na internet ou pode simplesmente usar de inspiração. Tentei pegar coisas tanto para o sexo feminino quanto o masculino. Ótimo isso, não é? A maioria são itens de decoração pois acho bem legal – além de deixar o quarto da pessoa diferenciado, vai ser algo que quando ela vê ou mexe vai se lembrar de você, que deu o presente. Livros também são um bom presente, e estes que eu selecionei, pelo que pesquisei na internet estão sendo muito bem falados e acho que dá pra homem e mulher bem de boa! Se a pessoa é mais de TV/Série, com certeza vai gostar de uma dessas duas que separei. Ali em baixo vou deixar os itens com preços e os links, ok? Como sempre fiz aqui! 😉

wishlist de natal1

  1.  Luminária Farol de Trânsito – R$336,00 (autch!)
  2. Bolsa carteira – R$82,00
  3. Anel Arrow – R$19,00
  4. Boia Donut – R$99,00 da última vez que eu vi 😛 haha liiindaaa!
  5. Um caso perdido – R$27,90
  6. A lista negra – R$23,90
  7. Belo desastre – R$21,90 – Tem os três volumes por R$69,90
  8. Garota Exemplar – R$36,90 – As duas capas são lindas (mesmo preferindo sempre ter primeiro a original depois as “novas” hehehe) mas a “original” esta esgotada no submarino.
  9. Mentirosos – R$18,90 – Estão falando superbem desse livro! :O
  10. Porta Retrato fotos instantâneas – R$59,90 (Na promoção!! *-*)
  11. Conjunto 2 Canecas – Chocollats – R$58,40
  12. Réplica retrô – Carrossel Musical – Fora de estoque 🙁
  13. Conjunto de Chá “A Bela e a Fera” – R$146,30
  14. Garrafa de caveira mexicana – R$24,00
  15. Capinha para iPhone – R$12,57
  16. Caixa retrato porta-biju – R$169,90
  17. Canequadrada Polaroid
  18. Pendente – R$59,90 – Querendo muito mas não tendo onde colocar 🙁 hahahaha
  19. Amplificador para chuveiro – R$189,91
  20. DVD American Horror Story 1ª Temporada – R$25,42
  21. DVD Under The Dome 1ª Temporada – R$39,90
  22. Porta Livro de Terror – R$63,65

Ufa! Finalmente, ein? Fiz uma lista bem grandinha pra não ouvir e nem saber que teve gente usando a desculpinha “Não sabia o que te dar!” – HAHAHA Ficaram inspirados depois dessa lista linda e maravilhosa? Quais itens vocês gostariam de ganhar?

Espero que tenham gostado, meus lindos e lindas! Compartilha na sua timeline do Face. Vai que alguém entende a #indireta! 😛

Facebook | Instagram | Youtube

 

27ago 2014

Goodbye Sucks – Adeus TRUE BLOOD

Postado por às em Séries

Hoje parte de mim “se completa”. Sabe aquelas fases da vida que finalmente têm um fechamento? É assim que estou me sentindo agora. Em 2008 começou uma das melhores que eu gostava de acompanhar, e sempre acompanhei. Uma das primeiras que com certeza me fez gostar de ter esse costume de assistir séries e acompanhá-las. E gente, sou viciada né? Todos sabem que é um dos meus passatempos preferidos!
Gosto muito de lembrar com uma nostalgia maravilhosa verões e verões que passava dentro de um quarto, numa cama confortável, com ar condicionado, depois de várias horas dentro de uma piscina, comendo pipoca com chocolate e uma coca bem gelada, assistindo novamente… True Blood.

Sookie é apenas uma garçonete telepata (só, simplesmente, apenas ahaha) que trabalha em um bar/restaurante chamado Merlotte’s e o mundo está começando a se acostumar com a vivência de vampiros ao seu redor quando Bill (Sabia que os dois atores de Bill e Sookie, são casados? Aham! E têm filhos! O que torna a química nas telas ainda mais real e apaixonante) entra no restaurante. Bom, além do romance dos dois, muita coisa há de acontecer, quer ver?

Na primeira temporada vemos constantemente o entrelaçamento de três tramas: a identidade do serial-killer de Bon Temps , o relacionamento de Sookie e Bill e a busca pelos direitos dos vampiros e paralelamente o surgimento de anti-vampiros, e a trama envolvendo os problemas de Tara Thornton e seus relacionamentos.
Ta aí um motivo para assistir a série. E… Ai, me dá tanta saudade! Todo aquele clima de primeira temporada com 8ª série/1º ano do Ensino Médio! Haha Sabe, acho que o nome disso é nostalgia pelo que me falaram. Você já deve ter sentido isso também, de alguma lembrança visual que se junta com auditiva (trilha sonora da época) que se junta com os sentimentos que você sentia. Aiai. *suspiros*

True Blood (“Sangue de Verdade” em português) além de ter um elenco sensacional, uma fotografia e cor que eu adoro, esse estilo country – inclusive nas músicas que são muito boas também -, o humor e… Tudo quanto é tipo de criatura sobrenatural. Por isso sempre digo quando me perguntam sobre uma série que tenha Vampiros, True Blood, Lobisomens, True Blood, Bruxas, True Blood, etc etc etc. Isso a torna uma série fantástica também, e a lição que nos deixa de que mesmo com toda essa variedade de… seres (?), ainda há uma convivência, um respeito, e pode sim dar muito certo. E deu, não é Truebies?

Como já disse, True Blood além de ter romance e horror tem muito HUMOR! E pelo visto um fã bem inusitado, olha o vídeo que o Snoop Dog fez em homenagem a personagem principal:

A série é baseada em livros da Charlaine Harris, com nome de The Southern Vampire Mysteries. Juro que tentei ler mudos livros mas como a história é narrada em primeira pessoa, pela Sookie, achei tudo meio enjoado e não consegui finalizar minha leitura. Haha Quem assistiu ou vai assistir nota que Sook é sim meio enjoadinha e mimimi. Por isso até hoje não sei se a amo ou se a odeio. Mas isso é bom, por que se fosse muito monótono talvez não fosse gostar tanto da série. E assim, os personagens que “não fazem parte do elenco principal”, ganham destaque. Quem não amará Pam ou Laffayete? Quem quem quem? no way bitch!

Quando fui pro Canadá, acabei entrando numa lojinha e vi vááárias coisas de True Blood. Algumas eu trouxe, outras eu não consegui comprar – Tipo a própria bebida “Tru Blood”, que eu não sabia se continha álcool ou não (então não iam me deixar ir pro Brasil com isso né? 15 anos, hello!) então não trouxeeeee :(( Lá comprei bottons, CDs e uma blusa de #TB. Dos DVDs, tenho apenas as duas primeiras temporadas /chora/, e claaaro que quero os outros! Além disso, acho que os popfunkos da série estão como topo da lista de “popfunkos” que quero comprar primeiro hahaha, como você viu nesse post aqui. Tenho chaveirinho que meu amiguinho Werner trouxe pra mim do Canadá também, guardadinho embaladinho i.i  Nos CDs, 2, um com a trilha sonora normal e pans, e outro da trilha sonora instrumental. De vez em quando eu ouço as músicas, por que adoro country, cara!Inclusive fiz um trabalho pra facul (Fazer um clipeeee!!!) com uma música da trilha. haha Então também achei uma playlist bem linda com as músicas pra você saber como era o clima durante a série.

E aí, Fucktastics? Alguém de vocês assistia #TB também e vai sentir muita muita falta? Sei que não apenas os fãs, mas todos que participaram da série, que conviveram e a tornaram real e – amém – sem cancelamento nesses anos vão sentir falta, esse vídeo prova isso (ALERTA SPOILER, contém a última cena feita da série toda, ALERTA SPOILER). Ninguém perguntou mas, o final me agradou sim. Terminou como deveria acabar. Fechou muito bem e eu os amo e a vida é assim não é perfeita e meu Deus fiquei feliz que um casal que eu queria muito que ficassem juntos realmente acabou junto e amo essa família grande e maravilhosa e diversificada que é true blood ai 100or.
Bom, só sei que é isso. Imagino que tenha dito tudo o que poderia. Esse é o meu adeus, obrigada Alan Ball, HBO, Charlaine Harris e todos os outros. Quer saber? Vou sentir saudade até dos cartazes/propagandas promocionais. 

🙁
UP!