Music | Escrito na Madrugada

/ music

05mar 2014

Aqueles dias

Postado por às

Tô naqueles dias. Aqueles dias em que você escolhe ficar sozinho – enquanto o resto do país ta do lado de fora na maior folia-, dias em que ao olhar pra fora da janela só vê nuvens ameaçando chorar, que entope a cara de produtos para espinha, faz chá, vê séries enquanto faz as unhas, fica o dia inteiro de pijama e pantufa e ainda fica na dúvida se carrega o edredom pela casa consigo. Aqueles dias em que você da graças à Deus por ser feriado e tem vontade de só comer porcaria. Você liga a tv e lá se passa o futebol freneticamente narrado. Ouve, do lado de fora, mas não sabe se é mesmo chuva ou se são coisas da sua cabeça. Talvez o vizinho tomando banho? Nesses dias você geralmente se sente meio perdido, fica vendo vídeos bobos na internet (cachorrinhos fofos, bichos estranhos do fundo do mar ou até quem sabe um documentário sobre sereias), não sabe se continua ou não a ler aquele livro que te dá um sono… Comer, quer. Mas a preguiça de cozinhar algo complexo, é demais. O caminhar é parecido com o de um “Zumbi”. É. Você virou um zumbi. Mal come, mal faz alguma coisa, mal quer sair da sua cama quentinha. Foram dias que podiam ter sido utilizados para sair, farrear, gastar dinheiro em alguma comida gostosa, matar saudade daquela gente que não vê há tempo. Mas as escolhas foram suas e tens a consciência de que o dia para fazer essas outras coisas, outros dias movimentados virão e você simplesmente reservou esses para serem os dias calmos e “inúteis”. Querendo ou não também é um dia aproveitado.”Ah, mas você não fez nada”. E de vez em quando a gente precisa é disso mesmo: Não fazer nada, e com gosto de domingo.

Playlist para dias assim:

Um capuccino agora ia bem…
UP!