#30DiasDeEscrita – Day 3: Ficção de romance | Escrito na Madrugada
03set 2017

#30DiasDeEscrita – Day 3: Ficção de romance

Postado por às em Fictício, Textos

Day 3 – Um gênero que você nunca tenha escrito antes

Estávamos abraçados assistindo How I met your mother, novamente, como sempre gostamos de fazer. Enquanto acariciava seu braço, apoiada em seu ombro, notei.

– Seu braço está com uma coloração diferente… Está se sentindo bem?
– Estou.
– Tá meio verde, mor. Não sentindo nada estranho? – Toquei seu braço, verifiquei se a palma da minha mão também não ficava verde. Senti sua temperatura e até o cheirei. Ele riu, reagindo à piada da série.

No dia seguinte, depois que ele saiu do banho percebi que não era só o braço que estava verde, haviam grandes manchas pelo corpo todo. Fiquei boquiaberta.

– Você não vai ao médico?
– Porque deveria?
– Porque está verde!!

Ele desdenhou.

Algumas semanas se passaram e mal conversávamos sem que eu ou ele ficássemos nervosos. Eu vi sua pele criar uma textura esquisita, quase gosmenta. Seu olhar mudou e às vezes achava que era só comigo. Eu não fazia ideia do que ele estava se tornando! Eu não sabia como lidar, não sabia como controlar meus sentimentos em relação à tudo isso.

Estávamos nós sentados na cama, cada um em um canto. Seus olhos estavam basicamente se unindo em um só, assim como seus dedos estavam se tornando apenas 3 dedos compridos em cada mão, sua pele além da textura e cor – cheirava diferente e sua maneira de expressar já não era mais a mesma.

 – Lá vem você falar essa língua esquisita de novo, eu não entendo! Tente se comunicar comigo! Você nem ao menos tentou ir ao médico, tentou se ajudar ou tentou ME deixar TE ajudar. Eu não consigo te ajudar sozinha. To indo embora. 

Juntei todas as minhas forças, nossas histórias, nossas lembranças, nossas memórias, nossos momentos, nossa relação, todas as minhas energias e coisas… E parti. Caminhando com minhas coisas nas costas até minha casa, algo me atingiu. Meu corpo nunca doeu tanto. Você me atropelou e fugiu. Meu coração nunca ficou tão em pedaços. Mas logo à frente, mesmo estando desnorteada sei o que vi: Parou o carro e esperou que te levassem embora. Uma grande luz se iluminou sobre seu corpo modificado e eles finalmente te levaram embora.

Me deixou desolada e agora conto essa história numa cama de hospital.

Mas vou melhorar…

Título: Me apaixonei por um ET

 

UP!